Alemanha goleia Seleção Brasileira; Um vexame que faz surgir o novo fantasma: "Mineirazzo"

Confesso que acreditava numa vitória brasileira sobre Alemanha.  Tinha um pingo de confiança.  Na verdade, apenas dois motivos me faziam ter esse pensamento positivo: o fator torcida e o respeito que os alemães poderiam ter diante da seleção canarinha.   No entanto, a Alemanha não respeitou. Não quis saber dessa história de anfitrião, muito menos que estava diante de um pentacampeão e num Mineirão lotado.   Aplicou um 7x1 sem dó e nem piedade. E com espaço para mais gols. A Alemanha jogou em ritmo de treino e garantiu a vaga na final da Copa do Mundo numa facilidade que ninguém poderia imaginar.

Um vexame mundial e histórico.   Colocou o Maracanazzo, sim aquela fatídica final de 50, no chinelo em termos de tragédia.  É moeda de 50 centavos.  E não adianta dizer que Brasil sentiu a falta de Neymar e Thiago Silva. Pelo volume de jogo dos alemães não há como dizer que se os dois jogadores estivesse em campo a história seria diferente. A seleção foi massacrada porque foi mal treinada para a Copa do Mundo. Felipão e sua comissão técnica acreditaram que a conquista da Copa das Confederações, no ano passado, era a prova de que tudo estava uma maravilha.

Não preparou o Brasil tecnicamente e muito menos psicologicamente. Em nenhum jogo desta Copa a seleção apresentou padrão de jogo e nem variação tática.
Felipão confiou na força da torcida, nas suas superstições bestas e no seu dom motivador. Mas na Copa do Mundo, esses elementos não bastam.

Durante a semana, a seleção brasileira se limitou a lamentar a ausência de Neymar na partida. O tempo inteiro se falou do lance, homenageou o jogador e cobrou uma punição para o colombiano que acertou Neymar.  Enquanto isso, a Alemanha ficou concentrada, estudou bem o Brasil e treinou forte. Entrou em campo para vencer a partida e goleou. No primeiro tempo, mesmo com boa vantagem, não diminuiu o ritmo. E, no segundo, foi ao ataque quando quis.   Felipão confiou apenas na sua estrela. Porque foi incrível como o comandante brasileiro cometeu erros na convocação, na armação do time e nas substituições. Não cuidou do lado emocional do  grupo. A partida contra o Chile mostrou isso.  E, diante da Alemanha, a seleção perdeu o jogo quando sofreu o primeiro gol. O Brasil ficou abatido a partir daquele  momento e poderia até ter sofrido um vexame ainda maior.

O Brasil pisou no gramado do Mineirão como se fosse para uma partida qualquer. Enquanto a Alemanha estava encarando uma semifinal de Copa do Mundo.   A seleção perdeu dentro e fora de campo, pois não aproveitamos a Copa do Mundo para evoluirmos no conceito de fazer futebol.  Andamos para trás literalmente e acabamos vivendo um vexame daqueles que jamais será esquecido.

Tão vergonhoso que deixou até mesmo os alemães meio desconcertados para comemorar a classificação para a final da Copa do Mundo.

Alemanha goleia Seleção Brasileira; Um vexame que faz surgir o novo fantasma: "Mineirazzo" Alemanha goleia Seleção Brasileira; Um vexame que faz surgir o novo fantasma: "Mineirazzo" Reviewed by Portal Amparo Ligado on 11:08:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

"Design, Logomarca e Identidade Visual By Pr. Jader Medeiros. Copyright © 2015 All rights reserved". Tecnologia do Blogger.