Conhecendo a Paraíba (Parte I); por Verinaldo Enéas

A partir do mês de dezembro, vou dedicar este espaço oferecido pelo o Amparo Ligado, para conhecer um pouco de algumas cidades paraibanas. Algumas são conhecidas outras vivem no anonimato, porém, de igual importância para a sociedade, evidentemente guardada as devidas proporções, todo município é fundamental para o desenvolvimento do Estado.

Freqüentemente, valorizamos outras regiões, outras cidades de outros Estados, certamente porque não conhecemos nossa querida Paraíba, nosso povo, nossa  cultura, nossa  tradição, nossos valores, sua importância para o Brasil.

Três municípios, localizados nas mais variadas regiões do Estado da Paraíba, festejam neste dia primeiro (01) de dezembro, seus respectivos aniversários de emancipação política. Os aniversariantes do dia são: Boa Ventura Esperança e Sapé. Uma outra curiosidade é que dois deles, também estão completando 91 anos e foram elevadas a condição de município, por meio de leis estaduais que entraram em vigor no mesmo ano.


Conheça um pouco das potencialidades econômicas, culturais e sociais de cada um dos aniversariantes do dia, distribuídos abaixo em ordem alfabética:

01. Boa Ventura (Celebrando 55 anos)
Boa Ventura surgiu primeiramente como distrito do município de Misericórdia, em 1901. Sua emancipação política ocorreu por meio da Lei Estadual de Nº 2.605 de 01 Dezembro de 1961. Localizado a 371 Km da Capital, Boa Ventura, fica na Região do Vale do Piancó e segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2010 tem uma população estimada em 7.045 habitantes e uma área territorial de 132 km². A feira-livre e a agricultura familiar são a base da econômica local. Limita-se ao Norte com Itaporanga, a Leste com Pedra Branca, ao Sul com Curral Velho e a Leste com Diamante. Em 1887 iniciou-se a construção da Capela dedicada a Nossa Senhora da Conceição, concluída em 1892. 

02. Esperança (91 anos)
Localizado a 159 Km da Capital  e com uma área territorial de 165 km², Esperança, possui uma população estimada em 31.095 habitantes de acordo com o (IBGE), de 2010. O município foi criado em 01de Dezembro 1925, desmembrando do município de Alagoa Nova. Limita-se ao com Algodão de Jandaíra, Remígio,Montadas, Areial, Alagoa Nova, São Sebastião de Lagoa de Roça e Pocinhos. Também é conhecida como "Lírio verde da Borborema", pela beleza de seus campos, que ainda são influentes na sua maior base econômica, a agricultura familiar. A localidade ainda se destaca na pecuária, com o rebanho bovino e caprino. 

03. Sapé (Celebrando 91 anos)
Conhecida como “A porta de entrada do Brejo” e “Terra do Abacaxi”, Sapé também celebra nesta segunda-feira (01) seus 89 anos de emancipação política. Berço do poeta e escritor Augusto dos Anjos, nomeado o paraibano do século, se destaque ainda pela sua arquitetura, composta por capelas e casarões. Segundo dados do IBGE de 2010, conta com uma população estimada de 51.700 habitantes, sendo o décimo mais populoso município do Estado e o mais populoso de sua microrregião. Está a 55 km de João Pessoa e sua área territorial é de 316 km². Elevada a categoria de cidade, por meio da Lei Estadual de Nº 627, de 01de Dezembro de 1925, tornou-se uma das mais importantes cidades da região do Brejo paraibano e economicamente conhecida pela produção e exportação do seu principal produto agrícola, o Abacaxi. Situada na Zona da Mata Paraibana, Sapé dispõe ainda de inúmeras riquezas naturais, com destaque para  Reserva Particular de Patrimônio Natural de Pacatuba com 266,53 ha., de Mata Atlântica; situada no distrito da Usina Santa Helena. 

O setor industrial é pouco desenvolvido, embora o município possua algumas indústrias com destaque para Frutos Tropicais da Paraíba, a filial da Penalty, produtora de peças para confecção de tênis, Atacadan distribuidora, refinaria do açúcar Ouro Bom e a Usina Una produtora de etanol de cana-de-açúcar.

Ainda não tive a oportunidade de conhecer Boa Ventura. Porém, tive a honra e felicidade de conhecer Esperança e Sapé. Cidades valorosas e de fundamental importância para o desenvolvimento do Estado da Paraíba.

Finalmente fica aqui o apelo a todos os leitores do Amparo Ligado, conhecer um pouco mais sobre nossa Historia, sobre nossa Paraíba, sobre nossos municípios e conseqüentemente, valorizar um pouco mais,  afinal, todo e qualquer desenvolvimento local, começa a partir do conhecimento.

No próximo artigo falarei de outros Municípios paraibanos que também fazem aniversário neste mês de dezembro.

VERINALDO ENEAS DA COSTA
Professor de Filosofia
Conhecendo a Paraíba (Parte I); por Verinaldo Enéas Conhecendo a Paraíba (Parte I); por Verinaldo Enéas Reviewed by Portal Amparo Ligado on 09:49:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

"Design, Logomarca e Identidade Visual By Pr. Jader Medeiros. Copyright © 2015 All rights reserved". Tecnologia do Blogger.