O Sentido do Natal; por Verinaldo Enéas

“Meus olhos viram a Tua Salvação – O verdadeiro sentido do Natal”

Estamos bem próximo do final do ano. Época de confraternização.  Período de fazer uma reflexão e olhar o que foi positivo, no sentido de conservar e verificar o aspecto negativo, procurando corrigir, para não repetir os mesmos erros de 2016.

Neste período é natural às pessoas ficarem mais emotivas, mais receptivas, mais propícias à escuta e a uma abertura de ouvir a mensagem cristã.

Estamos vivendo  a festa do Natal. Para os que têm fé, Natal é a chegada feliz de Deus que vem a nosso encontro para nos fazer irmãos e nos ensinar os caminhos do bem. Veio na frieza da noite para acender em nós o fogo do amor e nos fazer irmãos. Veio pobre para nos dar a riqueza de Deus. Os anjos iluminaram a noite e trouxeram a mensagem do céu: “Nasceu hoje para vós o Salvador” (Lc 2, 10). Isto era o Natal.

Infelizmente hoje o Natal é festa comercial: vende-se muito e desperta-se a necessidade de comprar. A festa atual é do comércio. Perdeu-se o clima da reunião da família, em que as crianças se alegravam com seus pequenos presentes: bolas, bonecas, carrinhos. Tudo simples e familiar, recordando a chegada de Deus-Menino nos braços de Maria.

Entre as cenas tão lindas da chegada de Jesus, de que São Lucas nos dá noticia, uma tem especial sentido para as pessoas idosas. A lei mosaica determinava que o primogênito recém-nascido fosse levado ao templo de Jerusalém para ser resgatado por um casal de pombos. José e Maria levaram o Menino ao templo, cumprindo o preceito da lei antiga.

Ali, no momento da oferta, estava providencialmente presente um ancião a quem Deus prometera que haveria de contemplar, na altura de seus vividos anos, o esperado Salvador da humanidade. Por isto tomou nos braços cansados o Menino de quarenta dias e louvou a Deus por terem seus olhos tido a alegria de contemplar o rosto dAquele que era esperado já há séculos.

Sob a brancura dos cabelos, olhos úmidos de alegria incontida, os braços se erguem com a Criança e dos lábios brota o hino de ação de graças: “Agora podes deixar partir este teu servo porque meus olhos já cansados puderam contemplar nesta Criança a salvação que vem de Deus”.

É assim que se espera o Natal e assim que se celebra esta festa. É no encontro com o Salvador que sentimos a felicidade de nossa vida. Natal é festa de amor para todos: para os velhos cansados da vida, há um reconforto de esperança; para os adultos, a certeza da presença de Deus que veio para ficar conosco; para os jovens, uma ocasião para escolher certo o rumo de seus passos; para os que ainda vão nascer a alegria de ter Deus bem perto de suas vidas inocentes.

Restabelecer pois a verdade do Natal. Na azáfama das compras, não perder o sentido real da festa da chegada de Deus entre nós. Moços e velhos, crianças e adultos, temos de preparar-nos para este encontro de salvação, de alegria e de graça com o Menino que nos foi dado na noite de Belém.

A todos os leitores do Amparo Ligado, desejo-lhes um abençoado natal, que o espirito natalino fortaleça nossa fé, que 2017, seja de saúde e paz, buscando sempre o bem comum, e a  certeza que juntos poderemos construir um mundo melhor. 

VERINALDO ENEAS DA COSTA

PROFESSOR DE ENSINO RELIGIOSO
O Sentido do Natal; por Verinaldo Enéas O Sentido do Natal; por Verinaldo Enéas Reviewed by Portal Amparo Ligado on 09:59:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

"Design, Logomarca e Identidade Visual By Pr. Jader Medeiros. Copyright © 2015 All rights reserved". Tecnologia do Blogger.