Mais de 8 mil candidatos faltaram à aplicação de prova objetiva do concurso público da Educação da Paraíba, com 1.000 vagas. As provas foram aplicadas nesse domingo (21) e estavam aptos à realização 43.104 inscritos, sendo exatamente 8.303 o número de faltosos. A porcentagem, então, foi de 19,3% ausentes, conforme divulgou o Instituto AOCP, organizador do certame. Os gabaritos também foram disponibilizados. Os candidatos podem conferir os gabaritos no site do Instituto AOCP. Os interessados poderão solicitar recurso contra o gabarito preliminar, a partir da 0h desta terça-feira (23) até às 23h59 da quarta-feira (24), também pelo site da AOCP. Estão sendo oferecidas 1.000 (mil) vagas para o cargo efetivo de Professor de Educação Básica III, da carreira do Magistério Estadual. Desse total, 50 (cinquenta) vagas são destinadas às pessoas com deficiência. As provas foram aplicadas nos municípios de Cajazeiras, Campina Grande, Catolé da Rocha, Cuité, Guarabira, Itabaiana, Itaporanga, João Pessoa, Mamanguape, Monteiro, Patos, Pombal, Princesa Isabel e Sousa. As vagas ofertadas são para 13 disciplinas: Artes (72), Biologia (150), Educação Física (68), Filosofia (6), Física (47), Geografia (72), História (78). Língua Espanhola (18), Língua Inglesa (61), Língua Portuguesa (195), Matemática (199), Química (28) e Sociologia (6). Os aprovados serão nomeados logo após o resultado final do concurso. O salário oferecido é de R$ 2.110,12 (dois mil cento e dez reais e doze centavos), com carga horária de 30 horas semanais. Este é o quarto concurso público realizado pelo Governo da Paraíba para o cargo de Professor de Educação Básica III, de 2011 até 2019, totalizando 5040 vagas ofertadas. Clik PB