O ex-governador Ricardo Coutinho (PSB), presidente nacional da Fundação João Mangabeira, do Partido Socialista Brasileiro, esteve participando na tarde desta sexta-feira (23), na cidade de Monteiro, no Cariri Paraibano, de um ato popular para tratar sobre a mobilização do SOS Transposição que acontece dia 1º de setembro em Monteiro/PB.

Na cidade, Ricardo Coutinho participou de uma coletiva com imprensa regional, e em seguida, foi promovida uma plenária com prefeitos, lideranças políticas e representantes dos movimentos sociais do estado para organização da mobilização.

Ricardo aproveitou para convocar a bancada paraibana em Brasília para participar do ato em defesa da Transposição do Rio São Francisco. “Tudo aquilo que é para o povo está sendo destruído. O Programa de Aquisição de Alimentos, está sendo destruído e ao acabar com esse programa se acaba com a agricultura familiar. Então eu acho que nós estamos correndo um risco muito grande. Então eu quero saber de todos, da atual representação federal, que assumam a bandeira de defender os interesses da Paraíba, senão uma obra como a “Transposição” vai ficar subtilizada. Então não temos outro caminho senão lutar”, disse RC ao defender o empenho de todos para a retomada da vazão de água no Eixo Leste da Transposição, bem como o a conclusão do eixo Norte da obra que está segundo ele, paralisada.

O discurso principal foi baseado em críticas pelo abandono do governo do presidente Jair Bolsonaro com as obras da Transposição do Rio São Francisco.

Na oportunidade, o ex-governador confirmou a presença de várias lideranças nacionais, governadores, prefeitos, parlamentares, movimentos sociais, e dentre eles, a do ex-candidato à presidência nas eleições de 2018, Fernando Haddad (PT), além da presidente nacional do Partido dos Trabalhadores (PT), Gleisi Hoffmann.

Cariri em Ação