Bolsonaro nomeia Rolando Alexandre de Souza para diretor-geral da Polícia Federal

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) nomeou Rolando Alexandre de Souza para o cargo de diretor-geral da Polícia Federal. A decisão foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União desta segunda-feira (4).
A escolha de Souza ocorre após o ministro Alexandre de Moraes do Supremo Tribunal Federal (STF) barrar o nome de Alexandre Ramagem para o cargo de diretor-geral da Polícia Federal.
Rolando Alexandre de Souza foi indicado a Bolsonaro pelo próprio Ramagem. Ele é atualmente secretário de Planejamento da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), comandada por Ramagem.
A decisão do comando da Polícia Federal foi o estopim para a saída do ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro. Bolsonaro demitiu Maurício Valeixo, indicação de Moro, da diretoria-geral da Polícia Federal. Moro deixou o ministério da Justiça e acusou Bolsonaro de querer interferir na atuação da polícia.
Na manhã desta segunda-feira (4), o presidente publicou no Twitter um trecho da nomeação. Confira abaixo:

Click PB

Postar um comentário

0 Comentários