Vereadores Amparenses aprovam suspensão de desconto de consignados para servidores municipais

Foi realizada na noite desta quinta-feira (09) mais uma importante reunião extraordinária na Câmara de Vereadores de Amparo, onde foram aprovados 3 projetos, entre eles, a suspensão de desconto de consignados aos servidores do município pelo período de 120 dias.

O presidente Nelson Brito, esteve fazendo a abertura da sessão, todos os vereadores estiveram presentes.

Os projetos aprovados foram:

PROJETO DE LEI ORDINÁRIA-LEGISLATIVA Nº 01/2020 – que dispõe sobre a suspensão do cumprimento de obrigações financeiras referentes a empréstimos consignados contraídos por servidores públicos do município de Amparo pelo período de 120 dias;

PROJETO DE LEI Nº 03/2020 DO PODER EXECUTIVOdispõe sobre a inspeção sanitária e industrial dos produtos de origem animal comestíveis e não-comestíveis sejam ou não adicionados de produtos vegetais, preparados, manipulados, recebidos, acondicionados e em transito para ou de estabelecimentos industriais ou entrepostos de origem animal que façam apenas comércio municipal;

PROJETO DE LEI Nº 06/2020 DO PODER EXECUTIVO – autoriza o poder executivo a adquirir terreno medindo 7 m de largura por 73 m de comprimento, localizado na rua Sebastião de Freitas  no valor de 10.000,00 (dez mil reais) ao senhor Carlos Daniel Amaro da Silva, esse terreno será destinado a passagem de tubulação e escoamento de águas pluviais.

Tivemos também a apresentação de mais um projeto encaminhado pela Prefeitura onde solicita dos vereadores, um Crédito Adicional Especial no valor de R$ 456.980,24 (quatrocentos e cinquenta e seis mil, novecentos e oitenta reais e vinte e quatro centavos) para suplementação na Lei Orçamentária Anual, para realização de várias obras em nossa cidade.

Esse projeto foi apresentado e será analisado pelas comissões para que em breve seja colocado em votação.

Sem mais assuntos a tratar, o Presidente Nelson Brito deu por encerrada a sessão.




















Amparo Ligado

Postar um comentário

0 Comentários