A Igreja do Senhor tem sido envolvida pelo mundanismo de maneira vexatória, de tal forma que o pecado tem encontrado guarida no seio do povo de Deus, sem questionamento algum dos servos fiéis.

Facilmente, em busca do sexo livre, sem compromisso, os crentes têm se juntado maritalmente como se isso fosse hoje admitido por Deus. No entanto, estão copiando o mundo e os seus deleites carnais. Pensam que o Senhor teria Se modernizado, adequando-Se ao mundo pecador. Entretanto, é abominação pensar ou agir como se assim fosse. Os fornicadores não entrarão no Reino de Deus. Aqueles que praticam sexo sem serem casados civilmente estão fora da presença do Senhor, aqui e na eternidade. Todavia, os que se converteram nessa condição, morando juntos sem serem casados, devem regularizar a situação. Se houver resistência da outra parte, pode pedir ao Senhor Jesus que os ajude e Ele os ajudará.

O casamento civil é o casamento reconhecido por Deus, pois nele firma-se o compromisso perante a autoridade de um juiz, a qual consolida legalmente o ato.

“Toda alma esteja sujeita às autoridades superiores; porque não há autoridade que não venha de Deus; e as autoridades que há foram ordenadas por Deus. Por isso, quem resiste à autoridade resiste à ordenação de Deus; e os que resistem trarão sobre si mesmos a condenação” (Romanos 13.1-2 | ARC).

As igrejas estão enfraquecidas no pecado, cheias de vaidade e de interesses oblíquos, têm sido atormentadas pelo diabo no seu dever de santificação. Essas estarão fora naquele Dia. “Muitos me dirão naquele Dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? E, em teu nome, não expulsamos demônios? E, em teu nome, não fizemos muitas maravilhas? E, então, lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniquidade” (Mateus 7.22-23 | ARC). O Senhor Jesus está falando.

Deus fez o homem e a mulher à imagem e semelhança dEle (Genesis 1.26-27) e não dos animais. Conserte-se. Firme-se no Senhor. Por que não se casa? Por que não quer compromisso? Deus não tem compromisso com quem não quer compromisso com Ele. “Mas, como é santo aquele que vos chamou, sede vós também santos em toda a vossa maneira de viver, porquanto escrito está: Sede santos, porque eu sou santo. E, se invocais por Pai aquele que, sem acepção de pessoas, julga segundo a obra de cada um, andai em temor, durante o tempo da vossa peregrinação” (1Pedro 1.15-17 | ARC).

Durante a jornada terrena, a nossa obra deve ser feita em santidade, respeitando ao Senhor Jesus em tudo o que estiver escrito nas Escrituras Sagradas. Por esse caminho chegaremos à eternidade, sabendo que o Senhor é o justo Juiz e que não tem o culpado por inocente. Procure conhecer a vontade dEle para a sua vida. “Vigiai justamente e não pequeis; porque alguns ainda não têm o conhecimento de Deus; digo-o para vergonha vossa” (1Coríntios 15.34 | ARC).

Busque conhecer a Deus e a Sua vontade. Se andar praticando o pecado, deixe-o agora e para todo o sempre. Vista-se de santidade, sem a qual ninguém verá a Deus (Hebreus 12.14).

Que a Igreja de Cristo Jesus não faça mais concessão ao pecado, e saia do terreno enlameado do inimigo, para firmar-se na Rocha que é o Senhor Jesus, e seja salva. Amém.


Na alegria do Senhor, que é a nossa força,

Abdias Campos, servo do Deus vivo