“Voltai à fortaleza, ó presos de esperança; também hoje vos anuncio que vos recompensarei em dobro” (Zacarias 9.12 | ARC).

O Senhor está exortando a todos os que se acham sem liberdade de espírito a voltarem com esperança à fortaleza da fé, que vem por ouvir a Sua Palavra. Vivemos tempos favoráveis a que todos deem atenção ao Senhor Jesus. Este é o anúncio de Deus: Ele está prometendo dar duas vezes mais bênçãos em troca dos queixumes de dor e de sofrimento vividos no cativeiro. “Voltai à fortaleza, ó presos de esperança; também hoje vos anuncio que vos recompensarei em dobro.” O homem está preso quando vive sob sua própria orientação ou depende dos acontecimentos do mundo para se motivar. É hora de agir e reagir à voz de amor do Todo-Poderoso. É tempo de voltar à fortaleza.

A manifestação de Deus desde os céus, falando ao homem, tem um propósito de recompensas aqui na terra. Todos os que O ouvem e assumem a justiça divina feita em seu favor, Ele abastece das recompensas enviadas do céu. O que recebe a Palavra de Deus em seu coração é chamado de justo. “Na casa do justo há um grande tesouro” (Provérbios 15.6a | ARC). Na sua casa há um tesouro que não se limita; nele não há falta. Tudo o que você precisa encontra-se nele, por exemplo, a verdadeira sabedoria, a que o faz entender tudo. Abra o seu tesouro. Nele ainda tem o escudo de proteção divina que impede que qualquer mal o alcance na sua caminhada. Deus é maravilhoso.

“Ele reserva a verdadeira sabedoria para os retos; escudo é para os que caminham na sinceridade” (Provérbios 2.7 | ARC).

A sinceridade e a retidão fazem parte do caráter do cristão, de todo aquele que se parece com Cristo, do que ouve a Sua voz e volta à fortaleza para receber as recompensas do Senhor. Atente: “A verdade brotará da terra, e a justiça olhará desde os céus. Também o Senhor dará o bem, e a nossa terra dará o seu fruto” (Salmo 85.11-12 | ARC). Dos servos de Deus nasce a verdade que foi semeada por Cristo Jesus aqui na terra. Ele olha desde os céus e vê em nós a Sua justiça. O Senhor dá o bem, e nós, como terra deleitosa, damos o fruto do bem que dEle recebemos.

“Será estável para sempre diante de mim a tua casa e o teu reino; será estabelecido para sempre o teu trono” (2Samuel 7.16 | TB). Desse modo, a nossa família e o comando sobre a nossa própria vida são firmados pelo Senhor. Assim, nós temos à nossa frente um trono pelo qual reinamos em nossos caminhos, debaixo da potente mão de Deus, que nos guarda para todo o sempre. “Voltai à fortaleza, ó presos de esperança; também hoje vos anuncio que vos recompensarei em dobro.” Amém. Aleluia.


Na alegria do Senhor, que é a nossa força,

Abdias Campos, servo do Deus vivo