O convite do Senhor Jesus, feito a todos os que estão sofrendo, não mudou: Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei” (Mateus 11.28 | ARC).

Não deixe que os problemas tornem-se rotineiros como algo comum em sua vida. Venha ao Senhor Jesus. Ele tem a solução definitiva, sim, para todos os seus problemas. Creia. Quem falou Vinde a mim” foi o Senhor Jesus. “E eu vos aliviarei”. Um dos sinônimos de aliviar é descarregar. É isso; Ele quer tirar a carga que está sobre os seus ombros. Ele quer descarregá-lo de todo o mal, no corpo e na alma.

Normalmente a solução que o homem encontra para retirar-lhe o peso das costas o sobrecarrega mais. Não adianta buscar os conselhos das pessoas, não é solução a viagem em família ou com os amigos; não lhe alegrará verdadeiramente fazer aquela festa, a compra de roupa ou de outras coisas, o carro novo, a casa nova, o móvel novo, a boa ação; nada disso valerá. Tudo isso, ao fim, como resultado, trará mais dor. Sem o Senhor Jesus nada se pode fazer. O que se faz não produz o resultado desejado; pelo contrário, produz saldos negativos. Não desejamos saldos negativos.

A Palavra nos relata que o Senhor Jesus “andou por toda parte fazendo o bem e curando todos os oprimidos pelo Diabo” (Atos 10.38 | NVI). Ele continua fazendo a mesma obra, só que agora é feita através dos seus obreiros. “Jesus Cristo é o mesmo, ontem, hoje e para sempre” (Hebreus 13.8 | NVI). Ele não mudou; continua andando por toda parte fazendo o bem. Qual é a sua necessidade?

Para os tempos atuais, nos quais não O vemos mais fisicamente entre nós, designou aos que crerem fazerem a mesma obra que Ele fez, em Seu nome. “E estes sinais seguirão aos que crerem: em meu nome, expulsarão demônios; falarão novas línguas; pegarão nas serpentes; e, se beberem alguma coisa mortífera, não lhes fará dano algum; e imporão as mãos sobre os enfermos e os curarão” (Marcos 16.17-18 | ARC). Esse é o plano de libertação completa. Os benefícios dos que crerem são numerosos e de grande poder. Estão disponíveis para serem usados com fé. Como a fé vem pelo ouvir, e precisamos dela, é necessário ouvirmos a Palavra, conhecermos a vontade de Deus e não questionarmos nada do que está escrito nas Escrituras Sagradas; pelo contrário, devemos praticar o que está escrito nelas. À medida que ouvimos e praticamos a Palavra de Deus a fé se estabelece em nós sem esforço algum. É algo natural. Ela vem por ouvirmos a Palavra (Romanos 10.17).

Ao conhecer a Palavra, através da leitura bíblica, dos escritos evangelísticos e da pregação, você conhecerá também a vontade de Deus. Daí, a sua oração ganha o poder de realização. Você ora sob a vontade de Deus, a qual não pode ser impedida de se realizar (Daniel 4.35); além disso, Ele tem prazer em corresponder à fé de todos nós. Mais ainda, Ele tem compromisso conSigo mesmo em cumprir com Sua Palavra. Como diz em Jeremias: “Eu velo sobre a minha palavra para a cumprir” (Jeremias 1.12 | ARC). Você ora, citando a Palavra, citando aquele versículo que lhe dá direito a receber aquilo que está pedindo, e Deus vai cumpri-lo em sua vida.

Venha ao Senhor Jesus. Se estiver cansado, sobrecarregado, oprimido, faminto, não se permita mais continuar dessa maneira. Venha. O Senhor Jesus o aguarda para realizar em sua vida coisas tremendas. Amém. Aleluia.


Na alegria do Senhor, que é a nossa força,

Abdias Campos, servo do Deus vivo