Esta é a melhor notícia dada à humanidade, causa de grande felicidade para todos nós. A promessa que Deus fez aos nossos antepassados se cumpriu; já se cumpriu.

“E nós vos anunciamos que a promessa que foi feita aos pais, Deus a cumpriu a nós, seus filhos, ressuscitando a Jesus” (Atos 13.32 | ARC).

Jesus vive; esteve morto, mas Deus O ressuscitou. E, se Deus O ressuscitou, eu posso crer em tudo o que Ele falou; eu posso receber as Boas Novas que o Senhor veio trazer a mim. Eu posso crer na salvação, na cura, na libertação e na transformação do homem interior; posso crer numa vida nova, livre do pecado e da doença. Eu posso crer em sinais, prodígios e maravilhas, porque “Jesus Cristo é o mesmo ontem, e hoje, e eternamente” (Hebreus 13.8 | ARC).

Temos a companhia permanente do Senhor Jesus, que cumpriu no madeiro a justiça de Deus e por três dias esteve nas regiões baixas do inferno; lutou e venceu ao diabo e os seus demônios; tomou-lhes as chaves do inferno, triunfando sobre a morte. Foi dado a Ele todo o poder no céu, na terra e no inferno. Ele reina.

“E, havendo eles cumprido todas as coisas que dele estavam escritas, tirando-o do madeiro, o puseram na sepultura. Mas Deus o ressuscitou dos mortos” (Atos 13.29-30 | ARC). Isso é maravilhoso; Deus O ressuscitou dos mortos. Ele vive para cumprir tudo o que nos disse.

Antes de morrer e ressuscitar, Ele nos avisou que as Boas Novas de Deus chegaram, sim, as Boas Novas que não têm fim. Essa notícia não envelheceu; continua nova e eficaz. Vimos que Ele é o mesmo hoje e sempre; Ele não muda. O Senhor veio, a público e em alta voz anunciando as Boas Novas e ordenando a todos que se habilitassem a recebê-las, arrependendo-se dos pecados.

“Depois que João foi preso, Jesus foi para a Galileia, proclamando as boas novas de Deus. “O tempo é chegado”, dizia ele. “O Reino de Deus está próximo. Arrependam-se e creiam nas boas novas!” (Marcos 1.14-15 | NVI).

Isso é maravilhoso, porque Jesus ressuscitou para cumprir tudo o que disse. O evangelista Filipe sabia disso. Sabia que o poder do Senhor Jesus estava disponível para ele usar e fazer a obra que convém ser feita. Continua hoje do mesmo modo, porque Jesus ressuscitou, Ele vive. Ele disse que estaria conosco até a consumação dos séculos. Mesmo a igreja de Cristo sofrendo uma grande perseguição dos religiosos, Filipe foi a Samaria. A obra não para.

“Filipe, descendo à cidade de Samaria, anunciava-lhes a Cristo. Quando, porém, deram crédito a Filipe, que os evangelizava a respeito do reino de Deus e do nome de Jesus Cristo, iam sendo batizados, assim homens como mulheres” (Atos 8.5,12| ARA).

Embora já faça muito tempo que ocorreu esse fato, a igreja do Senhor tem sobre os ombros a mesma obra urgente a continuar; nada mudou, a não ser o número de convertidos que cresce a cada dia, porque Jesus Cristo ressuscitou. Ele vive. Alegre-se, porque há diante de você um mar de oportunidades. Amém.


Na alegria do Senhor, que é a nossa força,

Abdias Campos, servo do Deus vivo