A vigilância constante sobre tudo o que aprendemos com o Senhor Jesus, que é o nosso Mestre da matéria VIDA, consiste em estar atento o tempo inteiro para praticar o que Ele ensina. Essa postura vigilante de cuidar com zelo do aprendizado, exercitando-o, nos encaminha permanentemente para o bem. Isso é fato, isso é real.

“Bem-aventurados aqueles servos, os quais, quando o Senhor vier, achar vigiando! Em verdade vos digo que se cingirá, e os fará assentar à mesa, e, chegando-se, os servirá” (Lucas 12.37 | ARC).

Felizes os servos que, quando põe os olhos neles, o Senhor vê vigiando, cuidando para não sair dos ensinos do Mestre. Esses servos são postos à mesa pelo Senhor Jesus e o Senhor os servirá. Que honra é essa, Senhor? Que coisa grandiosa! Quem pode receber tamanho galardão? “Aqueles servos, os quais, quando o Senhor vier, achar vigiando!” Felizes vigilantes! Vigiar é o princípio básico para a comunhão plena. Isso significa, na prática, fazer tudo o que Ele diz, examinando cada ação à luz da Palavra.

Ser conduzido à mesa pelo Senhor é o mesmo que dEle receber a honra e o poder que lhe pertencem. Ele nos serve com poder. Compreendamos a grandeza da atenção ao ensino do Senhor Jesus. Essa grandeza requer atenção permanente, dedicação que se faz no coração do servo, ao enchê-lo com as palavras boas, revestindo-se de um comportamento santo, testemunhando a bondade e o poder de Jesus Cristo. “O meu coração ferve com palavras boas” (Salmo 45.1a | ARC).

Eu e você podemos e devemos fazer as tarefas do nosso dia a dia em paz. A Palavra do Senhor, porém, deve ser o norte, a medida, o filtro de tudo o que fizermos, de maneira que nada seja excluído do senhorio de Jesus sobre nossa conduta, em lugar algum, por motivo algum. Essa é a vigilância que o Senhor nos ordena, motivo de recompensas infindas na vida terrena e na eternidade com Ele.

Portanto, coragem, servos de Deus; ânimo, servos fiéis, porque a coroa de glória está preparada para os vigilantes que perseverarem até o fim. O Reino de Deus já está entre nós e se manifesta por Cristo Jesus, nosso Senhor. Amém.


Na alegria do Senhor, que é a nossa força,

Abdias Campos, servo do Deus vivo