Um dos grandes gargalos da administração pública, é a geração de emprego e renda, em especial nos pequenos municípios que estão na linha de frente de uma situação que exige intervenções ágeis e dinâmicas dos seus gestores, para inserção de mão de obra qualificada no mercado de trabalho competitivo e excludente nos dias atuais.

Nesse contexto, a Prefeitura Municipal de Amparo através da Secretaria Assistência Social, firmou parceria com a empresa NF Curso de Costura para ministrar o curso de costura industrial básica.  O Projeto intitulado "Sou Eu Quem Costura a História da Minha Vida" atenderá e irá qualificar para o mercado de trabalho 22 mulheres provedoras da sustentabilidade econômica de seus lares, durante 3 meses. O Projeto tem como objetivo principal contribuir para a futura geração de renda de mulheres beneficiárias do Programa Bolsa Família, ou que se encontram em situação de vulnerabilidade social.

Em sua fala, a secretária de Assistência Social Cleide Nóbrega não conteve a sua alegria e orgulho de poder contribuir para a formação do momento de empoderamento social das mulheres amparenses. "Ponto a ponto vocês irão tecer uma nova história em suas vidas, nos sentimos orgulhosos em poder contribuir um pouco para o tanto que vocês irão ofertar à nossa sociedade. Parabéns a todas as mulheres guerreiras por este momento" pontuou a secretária.

Já o prefeito Inácio Nóbrega, mesmo se recuperando de um processo cirúrgico, fez questão de comparecer a aula inaugural. Inácio fez um breve relato da sua visita ao município de Santa Cruz do Capibaribe, maior pólo têxtil e fabril do Nordeste. "Fomos a Santa Cruz em fevereiro do corrente ano, com o objetivo de buscar informações de como firmar parceria com algumas empresas que pudessem contribuir para a geração de emprego e renda em nosso município. O primeiro requisito que nos foi imposto, tratava da qualificação da nossa mão de obra local (O que não temos em larga escala de produção). Essa 22 famílias que hoje iniciam essa nova etapa de vida, em breve marcarão o desenvolvimento social e econômico de Amparo" afirmou Inácio.







Ascom