Quem é o homem? Quem o fez? Com que finalidade ele foi feito? Essas e as outras perguntas acerca da existência humana são todas respondidas nas Escrituras Sagradas. Não permita que o homem o ensine acerca da sua vida baseado em seus conhecimentos mundanos, pois só o Criador pode responder sobre a vida. Preste atenção no que o Senhor Jesus está dizendo:

“Porém, desde o princípio da criação, Deus os fez macho e fêmea” (Marcos 10.6 |ARC).

De maneira simples, o Senhor Jesus afirma como Deus nos fez, com a autoridade de quem estava lá, na criação de tudo, como participante íntegro da obra do Pai. Ele diz como Deus fez, desde o princípio, o ser humano: macho e fêmea, homem e mulher, os quais se locupletam por perfeição divina, formando-se o casal, capaz de produzir a sua própria espécie como ordenou o Senhor. “E Deus os abençoou e Deus lhes disse: Frutificai, e multiplicai-vos, e enchei a terra, e sujeitai-a; e dominai sobre os peixes do mar, e sobre as aves dos céus, e sobre todo o animal que se move sobre a terra” (Gênesis 1.28 | ARC).

A magnífica criação do ser humano por Deus não tem deformação, pois tudo o que Ele criou foi criado com uma função útil para o desenvolvimento saudável da Sua obra perfeita. “Mas vós, frutificai e multiplicai-vos; povoai abundantemente a terra e multiplicai-vos nela” (Gênesis 9.7 | ARC). Homem e mulher, povoem abundantemente a terra, encham-na de vida, multipliquem a sua espécie. O sexo é para a multiplicação e não para a promiscuidade, é o meio pelo qual o homem cumpre a manutenção da sua espécie sobre a face da terra; caso contrário, acabaríamos logo e a ordem de Deus não se cumpriria. O sexo não é instrumento de vandalismo moral.

O ser humano não pode fazer outro da sua espécie senão pelo método de Deus. A existência humana atende ao Seu Criador. O homem não pode desmanchar o que fez o Senhor. Tudo o que Ele fez tem uma função definida e precisa para um fim que se interliga com toda a criação. Ele não fez o ser humano para pecar; quem fez o homem cair na desgraça e desonra do pecado foi o diabo. O diabo intenta levar o homem para o inferno, enquanto Deus o fez para reinar em santidade.

“E disse Adão: Esta é agora osso dos meus ossos e carne da minha carne; esta será chamada varoa, porquanto do varão foi tomada” (Gênesis 2.23 | ARC). A perfeição da criação divina se relaciona com funções que se harmonizam entranhadamente, tornando-se completa, na expansão necessária da beleza geradora, que não mortifica, mas gera.

“Por essa razão, o homem deixará pai e mãe e se unirá à sua mulher, e eles se tornarão uma só carne” (Gênesis 2.24 | NVI). O homem se une a mulher, a mulher se une ao homem. Fora de Deus, não se gera vida. Somente o homem com a mulher pode se tornar uma só carne, um ser completo, sendo dois, pelo poder e perfeição da criação de Deus. Reflita.

Glória ao Senhor, Criador da vida!


Na alegria do Senhor, que é a nossa força,

Abdias Campos, servo do Deus vivo