Pela Presença do Senhor, por Abdias Campos


“Arrependei-vos, pois, e convertei-vos, para que sejam apagados os vossos pecados, e venham, assim, os tempos do refrigério pela presença do Senhor (Atos 3.19 | ARC). Esse é um processo pelo qual passam os salvos. Arrependem-se dos seus pecados, convertem-se ao evangelho do Senhor Jesus, têm a vida pregressa substituída pela vida de Cristo, são transformados, fazem mudança do mundo para o Reino de Deus. Por consequência, vêm os tempos do refrigério, dias bons e suaves. Vêm os tempos do conforto espiritual e físico, do alívio espiritual e físico, os tempos do consolo de Deus.


Entretanto, a manutenção de tudo isso, que é recebido pela graça de Deus, por Cristo Jesus, só se dá PELA PRESENÇA DO SENHOR. Arrepende-se, converte-se, tem-se os pecados apagados e recebe-se os tempos do refrigério pela presença do Senhor.


O que significa a presença do Senhor? Significa viver nEle, e por Ele, o tempo todo. Aí, todas as promessas do Senhor sobre a sua vida se manifestam de acordo com a Palavra dEle, crida por você. Ela é ambiente e norte (ela o aconchega num lugar seguro e lhe dá direção); é postura e firmeza (ela o faz santo e o mantém firme na santidade); é comando e graça (com poder, ela dirige a sua vida e o enche de amor que o une a Deus); é atitude e modo (ela conduz a sua vida por fé e o estabelece nela); é projeto e execução (ela transforma e realiza os atos dessa transformação); é vida, a única vivida sob o refrigério da alegria e da paz do Senhor Jesus.


Então, você entenderá isto e viverá: “Far-me-ás ver a vereda da vida; na tua presença há abundância de alegrias; à tua mão direita há delícias perpetuamente” (Salmo 16.11 | ARC). Essa mão direita, onde há delícias continuamente, significa a mão que agora dirige a sua vida, através da presença do Senhor. Não adianta alguém tentar fazer diferente, pois não dará certo. Compreendamos logo a retidão da Palavra de Deus. Quem assim faz recebe tudo o que a presença do Senhor traz, e isso se traduz em tempos de refrigério. Você compreende que nada mais lhe falta, porque a graça do Senhor lhe basta. A graça é o amor de Deus que o alcançou, que o juntou a Ele e o mantém firme em Sua presença.


“Os arrogantes não são aceitos na tua presença; odeias todos os que praticam o mal” (Salmo 5.5 | NVI). Os que fazem pouco caso do Senhor e da Sua Palavra, que se sentem seguros em si mesmos, não se conservam na presença do Altíssimo, pois são praticantes da maldade. Ainda assim, há esperança para esses. Basta eles se quebrantarem e se curvarem diante do Santíssimo Senhor e se reconhecerem como necessitados dEle e rogarem a Ele: “Cria em mim um coração puro, ó Deus, e renova dentro de mim um espírito estável. Não me expulses da tua presença, nem tires de mim o teu Santo Espírito. Devolve-me a alegria da tua salvação e sustenta-me com um espírito pronto a obedecer” (Salmo 51.10-12 | NVI). Deus não resiste ao coração humilde. Amém. Glória a Deus!


Na alegria do Senhor, que é a nossa força,

Abdias Campos, servo do Deus vivo

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Amparo Ligado