Principais Notícias

Em clima de Olimpíadas, Conheça os esportes olímpicos mais bizarros da história

Confiram os esportes Mais bizarros que ja foram disputados nas Olimpíadas em toda a Historia, você vai se impressionar.

CABO DE GUERRA (Realizado em 1900, 1904, 1908, 1912 e 1920): O cabo de guerra foi incluído pela primeira vez nos Jogos Olímpicos de 1900, em Paris, e manteve-se regular até os de Antuérpia, em 1920. O registro de mais de uma equipe por país era permitido. Cada grupo de atletas era conhecido como clubes. As equipes dos EUA e da Grã-Bretanha levaram a maioria das medalhas da história desse esporte nas olimpíadas.

PELOTA BASCA (Realizado em 1900): Considerado o jogo mais rápido do mundo, o pelota basca consiste, basicamente, em arremessar uma bola contra a parede usando um bastão de madeira ou cesta. Espanha e França foram os dois únicos países que participaram dessa categoria nos Jogos Olímpicos de Paris, em 1900. Na ocasião, os espanhóis levaram o ouro. Essa modalidade retornou às olimpíadas como um esporte de demonstração em 1924, 1968 e 1992.

NADO SINCRONIZADO SOLO (Realizado em 1984, 1988 e 1992): Por mais contraditório que pareça, o nado sincronizado esteve presente nos Jogos Olímpicos de Los Angeles, Seul e Barcelona, sucessivamente. Como uma modalidade feminina, a ideia era sincronizar a perfomance e música.

ESCALADA EM CORDA (Realizada em 1896, 1904, 1924 e 1932): A escalada em corda, que foi uma das oito modalidades dos primeiros Jogos Olímpicos reconhecidos pelo COI no ano de 1896, em Atenas, considerava a velocidade e o estilo com que os atletas escalavam uma corda suspensa verticalmente. Nikolaos Andriakopoulos, da Grécia, levou ouro para casa na ocasião. Já em 1904, o atleta alemão George Eyser, cuja perna esquerda era uma prótese de madeira, foi quem conquistou o ouro.

CORRIDA DE BARCOS MOTORIZADOS (Realizada em 1908): A corrida de barcos motorizados fez uma única aparição oficial nos Jogos Olímpicos de 1908, em Londres. A falta de espectadores no local de realizações das provas e o mau tempo fizeram com que as autoridades desportivas descontinuassem as futuras edições da modalidade.

JEU DE PAUME (Realizado em 1908): Jeu de Paume, ou jogo de palma, surgiu na França e é o precursor do tênis moderno. Apesar de ser um esporte popular na França, apenas equipes dos Estados Unidos e da Grã-Bretanha participaram do Jeu de Paume dos Jogos Olímpicos de 1908, em Londres. Jay Gould II dos EUA foi quem levou o ouro para casa.

ARREMESSO DE PESOS, DISCOS E DARDOS COM DUAS MÃOS (Realizado em 1912): Tratava-se do lançamento de pesos, discos e dardos três vezes com cada mão e, em seguida, o melhor lance de cada lado era considerado para a qualificação final. Ralph Rose dos EUA (foto), Armas Taipale e Júlio Saaristo da Finlândia ganham medalhas de ouro no arremesso de pesos, discos e dardos, respectivamente.

LEVANTAMENTO DE PESO COM UMA SÓ MÃO (Realizado em 1896): Como o nome sugere, os participantes tinham de realizar elevações de peso com cada mão. O vencedor era determinado pela pontuação combinada de ambas as mãos. Launceston Elliott, da Grã-Bretanha, ganhou a medalha de ouro nessa modalidade.

NADO SUBAQUÁTICO (Realizado em 1900): Este evento nada convencional fez sua única aparição nos Jogos Olímpicos de Paris, onde cada metro nadado embaixo d’água valia 2 pontos e cada segundo, um ponto. O francês Charles De Vendeville levou o ouro dessa modalidade naquele ano.

NADO COM OBSTÁCULOS (Realizado em 1900): Os competidores dessa modalidade tinham que escalar uma polia, atravessar uma fileira de barcos e, finalmente, nadar sob outra fileira de barcos. O único evento da categoria foi realizado no rio Sena e o australiano Frederick Lane foi quem ficou com o ouro.

DISPARO EM POMBOS VIVOS (NÃO É UM ESPORTE OLÍMPICO) (Realizado em 1900): Este esporte grotesco, no qual o atirador que derrubava o maior número de pombos vivos era considerado o vencedor, esteve presente somente nos jogos de 1900. A modalidade foi proibida em 1902, o que levou à introdução da versão moderna dessa categoria: o tiro ao pombo de argila.

MSN Esportes

Nenhum comentário