Corpo de Bombeiros alerta para cuidados no manuseio de carregadores de celulares

Tendo em vista a ocorrência de casos recentes envolvendo choques elétricos provocados durante o uso de celulares em processo de carregamento, o Corpo de Bombeiros Militar da Paraíba (CBMPB) reforça o alerta para os perigos do uso inadequado desses equipamentos.

Conforme o capitão Hugo Bezerra, da Diretoria de Atividades Técnicas, os incidentes costumam ocorrer quando as pessoas utilizam os celulares ao mesmo tempo em que ele está carregando, o que é perigoso. Além disso, ele conta que carregadores piratas são mais propícios a provocar choques elétricos e até incêndios, pois não seguem as orientações do fabricante.

Sendo assim, os consumidores só devem utilizar esses itens de procedência original. “Durante a carga, também é importante que o celular seja mantido sobre uma superfície rígida, arejada, seca, e que dificulte a propagação de incêndio”, alertou, ao explicar que estando sob materiais combustíveis – como móveis de madeira, colchões, tapetes – qualquer curto circuito pode gerar um incêndio pela propagação das chamas.

Caso presencie uma vítima de choque elétrico, o Corpo de Bombeiros recomenda que seja desligada a fonte de energia do local e que a vítima não seja diretamente tocada. O correto é que ela seja afastada da fonte elétrica com ajuda de objetos não condutores e secos, como o plástico, madeira e borracha – para que não haja risco de a outra pessoa também ser vítima do choque. Após o procedimento, deve-se chamar uma ambulância do CBMPB por meio do 193.

Governo do Estado

Postar um comentário

0 Comentários