A Loucura de Deus é mais Sábia que a Sabedoria Humana; por Abdias Campos

Como peregrino que acabara de iniciar o percurso da vida nos caminhos de Deus, eu não entendia um monte de coisas que lia na Bíblia Sagrada. Embora eu soubesse que ali estava a Verdade, sofria ao buscar conexões com o que havia aprendido acerca da vida pelas mãos dos homens. Ficava atônito em determinadas passagens das Escrituras, tentando alcançá-las pelo esforço intelectual, mas o Senhor com paciência e amor me ensinou o que Ele continua ensinando a mim e a todos que querem aprender: “Não por força, nem por violência, mas pelo meu Espírito, diz o SENHOR dos Exércitos” (Zacarias 4.6b ARC).

Não é por esforço ou sabedoria humana que alcançamos entendimento das maravilhas de Deus para todos nós, e sim por nos entregarmos verdadeiramente Àquele que tudo faz bem (Marcos 7.37). Necessitamos ser conduzidos pelo Espírito Santo de Deus à compreensão das coisas espirituais. Se buscarmos a Palavra do Senhor para entendê-la pela nossa capacidade intelectual, nós nos distanciamos de Deus, e nada aprenderemos, pois Ele nos fala pela Sua Palavra que nos é revelada pelo Santo Espírito. Nada está fora do alcance de nenhum de nós; basta buscá-lO de todo o coração. “E buscar-me-eis e me achareis quando me buscardes de todo o vosso coração” (Jeremias 29.13 ARC).

Daí, com boa vontade, com o desejo sincero de nos encontrarmos com o nosso Criador, chegaremos à verdade pelas mãos da Verdade, alcançaremos a vida pelo conhecimento dAquele que a fez, pois a sabedoria do homem diante da sabedoria de Deus nada vale. “Porque a loucura de Deus é mais sábia que a sabedoria humana, e a fraqueza de Deus é mais forte que a força do homem” (1 Coríntios 1.25 NVI).

Para muitos, a pregação da salvação que Deus providenciou para o pecador, por intermédio do Seu Filho, Jesus, parece LOUCURA, e realmente é: “Porque a palavra da cruz é loucura para os que perecem; mas para nós, que somos salvos, é o poder de Deus” (1 Coríntios 1.18 ARC).

Os que perecem são os que não entendem e se perdem por falta de conhecimento. Entretanto, se decidirem ouvir a Palavra, a fé brotará no seu coração. Saber-se-á que a Palavra não se mistura com a visão racional, inquieta e inconstante do homem. Por isso, esta Palavra que nos traz luz (entendimento) se torna loucura quando, sem entendimento pelo Santo Espírito, almejamos que ela nos ofereça lógica matemática para crermos. Os pensamentos e os caminhos do Senhor são diferentes dos nossos. Então, o melhor é renunciarmos os nossos, para alcançarmos os de Deus. “Porque os meus pensamentos não são os vossos pensamentos, nem os vossos caminhos, os meus caminhos, diz o SENHOR” (Isaías 55.8 ARC).

Tudo o que Deus fez e faz é bom. Ele é feitor da perfeição. Não há falta nem excesso em Sua mão; Seus ensinamentos são luz. Portanto, as mudanças que tanto esperamos para nossa vida virão ao sermos instruídos, aos Seus pés, em completa obediência.

Não devemos ficar ansiosos ou inquietos por nada, e sim adentrar cada vez mais no Caminho, sabendo que Ele cumpre tudo o que nos faz saber. “Mas, amados, não ignoreis uma coisa: que um dia para o Senhor é como mil anos, e mil anos, como um dia” (2 Pedro 3.8 ARC).

Confie no Senhor, espere nEle, pois para os que se submetem à Sua infinita sabedoria, Ele a revela e não há dúvida de que aquilo que há de vir virá.

“Graças te dou, ó Pai, Senhor dos céus e da terra, pois escondeste estas coisas dos sábios e cultos, e as revelaste aos pequeninos” (Mateus 11.25b KJA).

O Senhor revela as coisas para os quebrantados, necessitados, para os humilhados debaixo de Sua potente mão, para os dependentes dEle. Seja sujeito à Sua infinita sabedoria; não diga a Deus como você quer que Ele aja em sua vida, mas deixe Ele agir e veja a grande surpresa que Ele o fará, e veja a salvação que Ele lhe dará. Regozije-se no Senhor Deus que é grande em conselhos e poderoso em obras. Creia que Ele, que só faz maravilhas, começou uma boa obra em sua vida e vai concluí-la. Amém.

Na alegria do Senhor, que é a nossa força,
Abdias Campos, servo do Deus vivo

Postar um comentário

1 Comentários